CLIPPING

Recuperação judicial sem estratégia e “dinheiro novo” não prospera

Em artigo publicado na @CapitalAberto, veículo referência em mercado de capitais, Luis Alberto de Paiva, presidente da Corporate Consulting, levanta um debate importante sobre recuperação judicial. No artigo, Paiva faz uma profunda reflexão sobre a estratégia da recuperação judicial, que tem sido um instrumento largamente utilizado por empresas. Cita algumas estratégias de aderência, aborda a questão de passivos e explica o DIP Finance, uma modalidade de aporte cujo investidores se dispõem a injetar capital em companhias em dificuldades recebendo, em troca, garantias que se sobrepõem às anteriores.

Publicada por: Capital Aberto

Leia mais

Nova Lei das Falências: Empresas em recuperação são beneficiadas

Comentário do sócio da Corporate Consulting Luis Alberto de Paiva sobre a Nova Lei das Falências: Empresas em recuperação são beneficiadas.

Publicada por: Diário do Comércio

Leia mais

Alta de juros e pandemia pressionam empresas

Em matéria de capa do Valor Econômico de hoje, Luis Alberto de Paiva, presidente da Corporate Consulting, comenta sobre o impacto da alta taxa de juros e a economia fraca nas empresas. O executivo prevê uma situação dificil nos próximos meses, com o fechamento de 90 a 120 mil firmas, especialmente de pequeno porte. Diz que muitas empresas se endividaram em busca de liquidez e para aproveitar os juros baixo. E que agora estão com um faturamento aquém do esperado. "Não houve um critério na concessão desses recursos e as empresas foram captando", explica Paiva.

Publicada por: Valor Econômico

Leia mais

Relatório da Anfavea mostra que produção e venda de veículos caíram

Em entrevista à TV Brasil, Luis Alberto de Paiva comentou sobre o estudo recente apresentado pela Anfavea (Associação Nacional de Veículos Automotores), sobre a queda na produção e também nas vendas de veículos no país no começo deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. Dados da pesquisa mostram que em fevereiro 197 mil unidades foram fabricadas, o equivalente a 3,5% a menos em comparação a fevereiro de 2020. Em relação às vendas, a queda foi mais acentuada: 16,7% a menos. "A baixa nos indicadores se deve não só aos impactos causados pela pandemia, mas também pela falta de insumos que a indústria automobilística enfrenta no Brasil e no restante do mundo", diz Paiva.

Publicada por: TV Brasil

Leia mais

PwC: fusões e aquisições batem recorde histórico de operações em 2020

Luis Alberto de Paiva comentou no jornal Correio Braziliense dados recentes da PwC, sobre fusões e aquisições em 2020. Para o executivo, depois de um período mais crítico da pandemia, os papéis das companhias estavam relativamente baratos e, para 2021, há projeção de um ano de dificuldade. O planejamento não é acelerar o crescimento, mas focar na liquidez. "As pessoas buscam negócios que trazem uma melhor rentabilidade e o mix de atuações para seu portfólio de ação. E o capital de terceiros é mais em conta que capital próprio, ou seja, adquirir uma nova empresa para crescimento é, muitas vezes, mais viável do que esperar o período necessário para esse tipo de alavancagem”, diz Paiva.

Publicada por: Correio Braziliense

Leia mais